Descomplicando o guarda roupa por Review

quarta-feira, 26 de novembro de 2014


Ontem, tive o prazer de receber a jornalista, idealizadora do Review e comunicação do Fashion Revolution Brasil, Bruna Miranda, para apresentar à minha turma do curso de Produção de Moda o lado sustentável e consciente do mundon fashion.

A conversa foi ótima e trouxe vários quastionamentos à tona, um deles, sobre a quantidade de coisas que temos no guarda-roupa e que muitas vezes, nunca são usadas. Reproduzo aqui o texto que ela escreveu sobre o assunto em seu blog, já que tem tudo a ver com a consultoria de imagem e com a mensagem que gosto de passar para meus clientes e leitores. Reflitam!

“Não precisa levar ao pé da letra, mas é uma boa inspiração! Ótimo para a gente analisar se estamos mantendo as roupas realmente úteis e que adoramos em nosso guarda roupa. Identificar (e doar ou transformar) as peças que estão lá ocupando espaço só por apego ou esperando que sejam usadas algum dia traz um alívio imediato e a gente pode ir se acostumando, aos poucos, a comprar e manter as peças que realmente fazem a diferença.

Uma boa dica: 75% do armário para as roupas essenciais, clássicas e atemporais, como calças e jaqueta jeans, calça e saia preta, blazer, camisa branca, boas camisetas de cores mais fáceis de serem combinadas, etc; e 25% para as roupas mais sazonais e que vamos usar menos, como as que têm estampas muito marcantes e as de tendências passageiras, por exemplo (aquelas roupas que enjoam facilmente e têm mais chance de nos arrependermos de ter comprado!).”

Texto: Luciana Caram, Consultora de Moda e Estilo e Bruna Miranda | Imagem: Reprodução


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *