Transparência

A transparência surgiu na passarela de Yves Saint Laurent no ano de 1968 e, desde então, ela tem sido símbolo de sensualidade, aparecendo em pontos diversificados das peças, como mangas, decotes e detalhes no torso. Para usá-la de maneira correta, é necessário tomar alguns cuidados, para que ela seja notada pela elegância e feminilidade, e não pela vulgaridade.

Durante o dia, a transparência pode ser usada em detalhes no decote ou em fendas; à noite, é possível ousar mais e combinar a tendência com brilho e comprimentos mais curtos. Para quem quer um look sexy, sem perder a elegância, as camisas transparentes são uma ótima sugestão, principalmente, os modelos mais comportados, soltos e fechados até a gola. O ideal é usar tecidos nobres, fluidos e mais soltinhos, como seda, organza e voil, podendo ser semi ou totalmente translúcidos.

O importante dessa tendência é você se sentir bem com a roupa que está usando! Use a transparência na medida e na peça que mais te agrada, unindo-a com sobreposição e equilibrando-a com peças mais pesadas e comportadas, com shapes clássicos ou retrô.

Texto: Daniele Camêlo, formada em Design de Moda e nossa colaboradora | Imagens: Reprodução

em junho 18, 2012 Comente (2)
FacebookTwitterGoogle+Pinterest


2 Comentários em “Transparência”

Deixe seu comentário